Massas secas representam 80,9% das vendas de massas no Brasil

O tempo estimado de leitura é de 2 minutos
1297 Visualizações

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), em 2020, o consumo de massas somou cerca de 1,1 milhão de toneladas. Massas secas corresponderam a 80,9% do volume de vendas, seguidas pelas massas instantâneas com 14,6% e massas frescas refrigeradas com 4,5%.

O mercado brasileiro é considerado um dos mais promissores para o crescimento de consumo de massas alimentícias, quando comparado a países como Itália e Venezuela, segundo o levantamento “The future of pasta is in less developed countries”, realizado pela International Pasta Organization (IPO). Ainda segundo a pesquisa, no Brasil, o espaguete e o fusili/parafuso disparam e correspondem a 57% e 14% do consumo total de macarrão, respectivamente.

Consumo de carboidratos tem papel fundamental na alimentação

Por conta de sua riqueza em carboidratos balanceados com teores significativos de proteínas e fibras, o macarrão desempenha um papel fundamental na alimentação. O prazo de validade prolongado e a rentabilidade também ajudam as massas secas a serem muito populares nas classes mais baixas e justificam o alto consumo do produto no Brasil.

A Corbion oferece soluções exclusivas para massas secas, que contribuem para aprimorar as características principais de coloração, preservar a textura pós cocção e reduzir a lixiviação. A Master Glúten® auxilia na firmeza, estrutura e volume da massa, assim como, no aumento da absorção de água e tolerância à fermentação.

Navegue por nossa plataforma Fresh Bakery e conheça melhor essas e outras soluções da Corbion para a produção de massas.

Converse com nossos especialistas e produza massas que impressionam os consumidores e o food service.

Espero que você tenha gostado deste conteúdo! 
Sabia que podemos te ajudar com uma linha completa de produtos que são desta mesma área que você acabou de ver?!